Claudiar proprietário da empresa da coleta lixo de Lajeado deve permanecer preso por 90 dias.

a operação conexion A operação conexion do Ministério Publico de Contas do Estado com sede em  Porto Alegre,  pegou pesado com o cartel do lixo, mais conhecido por Máfia do Lixo.

Estão presos no presídio da cidade de  Osório 6 empresários  por fazerem parte do cartel do lixo, entre eles esta Claudiar Kras Borges, proprietário das Empresa Mecanicapina  e W K Borges de Porto Alegre .

Mecanicapina e W K Borges fazem parte de um esquema fraudulento e totalmente ilícito, que hoje controla todo o serviço de limpeza da Cidade de Lajeado.

Os valores pagos pela limpeza da cidade no governo da Prefeita Carmem Regina não atingiam o valor de  R$ 300 MIL REAIS mês, no atual governo do prefeito Schmidt  o custo chega a R$ 800 MIL  (MEIO MILHÃO ) a mais por mês.

Deixe seu comentário