UPA de Lajeado com 40 funcionários fantasmas, mesmo após denuncia do Vereador RANZI ao Ministério Público de Lajeado.

fantasma upaAs irregularidades e o super faturamento na contração sem licitação da Fundação Hospitalar Getulio Vargas velha amiga do PT, continuam apesar da existência do processo  de licitação e até mesmo do contrato firmado e assinado anteriormente com a empresa ICOS, para administrar a UPA e  os Postos de Saúde do município de Lajeado, com valor de R$ 400 MIL mês “inferior” upa fantasmaa contratação sem licitação da Fundação Hospitalar Getulio Vargas pela atual administração do PT/PMDB de Lajeado.  

Denuncia como esta dos jornais deste sábado já renderam inúmeras matérias no A HORA E INFORMATIVO DO VALE, mas nada mudou continua o governo do  prefeito Schmidt/Vilsinho, pagando por 108  funcionários, entre eles estão funcionários administrativos, médicos, enfermeiros e técnicos,  no entanto prestam serviços hoje na UPA de Lajeado entorno de 60 profissionais.

Cerca de 40  funcionários estão sendo pagos para a Fundação Hospitalar Getulio Vargas, sem prestar os serviços na unidade da UPA de Lajeado, e quando é necessários a comprovação dos mesmos, são apresentados fichas de profissionais  que estão locados  em  unidades de saúde de outros municípios, principalmente advindos das unidades de saúde da cidade de Porto Alegre.

                É nos resta dizer que a situação foi denunciada ao Ministério Público de Lajeado, através do vereador Carlos Eduardo Ranzi do PMDB, partido da base do governo Schmidt/Vilsinho, mas no entanto, Tudo igual como antes na terra de Abrantes.  

 

 

Deixe seu comentário