COM MARINA HAVERÁ SEGUNDO TURNO.

MARINAA morte trágica de Eduardo Campos muda significativamente o quadro político do país. Marina Silva pode substituí-lo. E aí a coisa vai ficar preta para o PT. O segundo turno, que já se desenhava como provável, agora fica a certeza de que haverá com a candidatura da Marina, que nas eleições de 2010 abocanhou 20 milhões de votos. Com quase 10% nas pesquisas, Eduardo, morto, pode virar um grande cabo eleitoral da Marina porque ela vai contar com o sentimento de perda do povo brasileiro.

Deixe seu comentário