2014 É ANO PERDIDO

 

Após a Semana Santa, será que desta vez começa para valer o ano nacional?

Nem pensar, porque depois das festas de Ano Novo, do Carnaval e da Semana Santa, vem aí a Copa do Mundo de futebol 2014, a campanha eleitoral 2014.

Tudo como  pretexto para se adiar grandes decisões, exceto, é claro, para os candidatos aos diversos postos eletivos. Sempre foi assim: o país continua funcionando, sem dúvidas, mas com aquela frivolidade característica das coisas incompletas há muito tornadas permanentes entre nós.

 

Deixe seu comentário