BRIGA ERRADA, NA HORA, CONTRA O ADVERSÁRIO ERRADO

     Lança-se o PT na briga errada, na hora errada e contra o adversário errado. Quando o governo anda na baixa, perdendo apoio popular e batendo cabeça, os companheiros não têm nada que hostilizar os companheiros de coligação. Pelo contrário, deveriam aproximar-se mais de seu principal aliado, em vez de buscar afastá-lo. O resultado está sendo desastroso. A estratégia é suicida. As votações dos vetos que pelo regimento do congresso passa a ser votados a cada 30 dias vão comprovar que esta não uma boa tática.

Deixe seu comentário