Ordem de libertar Lula poderá ser desautorizada ainda hoje pelo relator Gebran Neto, TRF4

A decisão do desembargador Rogério Favretto de aceitar habeas impetrado na undécima hora por três deputados petistas, hoje, poderá ser desautorizada a qualquer momento.

O relator da Lava Jato e portanto responsável pela administração do caso da prisão do réu condenado por corrupção Lula da Silva, desembargador Gebran Neto, tem poderes para desautorizar Favretto.

cli

Deixe seu comentário