PP QUER SER O PMDB DO PRÓXIMO GOVERNO FEDERAL

cliDe olho na janela de infidelidade partidária, que se fecha em abril, o Partido Progressista fixou o objetivo de virar a principal legenda do “centrão” do Congresso.

A estratégia atribuída ao presidente do PP, senador Ciro Nogueira (PI), é deixar de lado as campanhas majoritárias, em geral dispendiosas, para consolidar uma bancada tão numerosa que nenhum governo poderá abrir mão do seu apoio. 

Somados, partidos de centro como PP, Podemos, PSC, Avante, PEN, PR, PRB SD e PSD, têm quase 200 votos na Câmara dos Deputados.

O PP planeja se tornar o que o PMDB virou para os governos Lula, Dilma e Temer, indispensável. E isso garante cargos ambicionados.

 Atualmente, menor que o MDB, o PP controla ministérios como o da Saúde, com orçamento oceânico, e outros órgãos como a Caixa.

 

Deixe seu comentário