NÃO EXISTEM PROFETAS.

PROFETAS

Neste século XXI não existem profetas, quando muito, meros especuladores.  Não há como fazer comparações e muito menos passados para serem analisados. Há muitas perguntas na vida que devemos aguardar para fazer. Nem toda a pergunta precisa de uma reposta imediata. Devemos esperar por novos acontecimentos.

Acredito que, em pleno século XXI,  cada pessoa deva ter o seu próprio modo de pensar e mais oportunidades de abrolhar no contemporâneo ocidental, sobretudo na classe média urbana beira.

As razões são individuais. A fé na razão apenas conduz ao que a razão faz às pessoas: converte-se no sentimento que a conduz.

 

 

 

Deixe seu comentário