Contemplando nosso país, fico a pensar em quanta coisa defendemos

rua lajContemplando nosso país, fico a pensar em quanta coisa defendemos, cada qual em sua trincheira, ao longo das últimas décadas! Fomos às ruas, clamando pelo fim da corrupção.

Pedindo eleições justas. Combatendo o coronelismo. Denunciando a tortura. Lutando por justiça. Praticamente implorando por uma melhor infraestrutura. Gritando por socorro diante de índices intoleráveis de criminalidade. Empunhando tão nobres bandeiras, enfim, cada bom brasileiro fez a sua parte, com idealismo e sacrifício, sujeitando-se a violências e represálias, para tudo dar em nada!

Aliás, até piorou , olhe pela janela e contemple o provincianismo mais medíocre e corrupto reafirmando-se e sufocando nossa ânsia por um país mais moderno e cosmopolita.

Enquanto isso, envelhecemos.

Passa a apertar-nos o coração a sensação de que não veremos a sociedade menos injusta ou o Brasil grande dos nossos sonhos.

O desânimo bate à porta, mascarado de cansaço.

É quando começamos a nos calar, contagiando as gerações mais novas, já desiludidas e carentes de esperança diante do gargalhar dos maus. Atordoados diante do nosso aparente fracasso em melhorar este mundo

Deixe seu comentário