Archive for Novembro, 2015

Deputado Jardel é investigado no RS por desvio de verba, outras fraudes e compra de drogas.

Segunda-feira, Novembro 30th, 2015

jardelO ex-jogador de futebol e ídolo do Grêmio é suspeito de desviar verbas da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul, exigir parte dos salários de funcionários fantasmas e até de envolvimento com traficantes. Em função disso, o parlamentar foi afastado do cargo por 180 dias.

O MP iniciou a investigação após denúncia de um dos assessores de Jardel. Para buscar provas, policiais foram até o gabinete do deputado e ao apartamento dele, em zona nobre de Porto Alegre, além de outros seis endereços, na manhã desta segunda-feira (30). Eles cumprem mandados de busca e apreensão na operação nomeada de “Gol Contra”.

Durante mais de dois meses, esse informante passou detalhes das fraudes aos promotores. A autorização da Justiça para acesso a escutas telefônicas também ajudou a comprovar o esquema.

A partir de toda a apuração, o procurador ressalta que, no mínimo, será possível denunciar o deputado pelos crimes de concussão, peculato, lavagem de dinheiro e, talvez, por tráfico de drogas.

A investigação também descobriu a ligação de Jardel com um traficante de drogas. E a compra das drogas também seria feita com dinheiro desviado do gabinete.

O deputado teria empregado como funcionária fantasma a mulher de um traficante fornecedor de drogas. Segundo o MP, o pagamento pode ter sido feito com o repasse de parte do salário que a assessora era obrigada a devolver.

Quase que diariamente ele adquire drogas, telefona ostensivamente para os traficantes. E uma das situações inusitadas é que ele constituiu como servidora fantasma do gabinete dele a esposa, a mulher do traficante. Provavelmente para facilitar o contato e também o pagamento das drogas.

Fotos obtidas pelo MP mostram o traficante entrando no prédio do deputado para entregar as drogas, que eram pedidas por telefone. Os promotores dizem que o termo usado por Jardel nas ligações é cigarro, porque a cocaína era escondida dentro dos cigarros.

O relatório do Ministério Público diz ainda que a droga entregue pelo traficante era consumida por Jardel durante programas com uma prostituta, também contratada como funcionária fantasma do gabinete.

No período da investigação, ela acabou sendo exonerada. Mas teve um período em que ele contratou uma prostituta, sim, como servidora do gabinete”, afirma o procurador.

 

Tarso Genro e mais quatro têm bens bloqueados em valor superior a um bilhão de reais

Segunda-feira, Novembro 30th, 2015

tarsoA 3ª Vara da Fazenda Pública bloqueou os bens do ex – governdor do Rio Grande do Sul Tarso Genro e de mais quatro pessoas pelo descumprimento de decisão judicial que havia determinado a realização da licitação sistema de transporte de passageiros intermunicipal.

O valor do bloqueio soma mais de R$ 1 bilhão, referente a multa aplicada em 2013, pela conduta dos réus, que a Justiça entendeu como atos de improbidade administrativa. Entre os réus que tiveram os bens bloqueados, além do governador, estão o ex-secretário de Infraestrutura e Logística, o petista João Vítor de Oliveira Domingues, o atual secretário de Transportes, Pedro Bandarra Westphalen, e outros dirigentes e ex-dirigentes do Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer).

De acordo com o despacho da juíza Andréia Terre do Amaral em 2002 foi empreitada uma ação civil pública pelo Ministério Público, por meio da qual foi concedido um pedido de liminar que determinou que os contratos de concessão com as empresas que prestam o serviço de transporte intermunicipal não poderiam ser renovados, sem que fosse realizada uma licitação do serviço. No entanto, de acordo com a magistrada, os gestores públicos responsáveis pelo cumprimento da determinação se omitiram de cumprir a ordem, alegando a complexidade do tema e a necessidade da elaboração de um plano diretor.

Documento diz que o deputado Eduardo Cunha recebeu R$ 45 milhões para aprovar emenda a favor do BTG

Segunda-feira, Novembro 30th, 2015

eduardRevelação ocorreu durante buscas na residência do assessor do senador Delcídio Amaral (PT/MS), preso quarta-feira, 25, por tentar barrar Operação Lava Jato

Documento colhido em buscas feitas na casa do assessor do senador Delcídio Amaral (PT-MS), Diogo Ferreira, cita pagamento de R$ 45 milhões ao presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ) para aprovar emenda em medida provisória que beneficiaria o BTG Pactual, de André Esteves.

Em troca de uma emenda a medida provisória número 608, o BTG Pactual, proprietário da massa falida do banco Bamerindus, o qual estava interessado em utilizar os créditos fiscais de tal massa, pagou ao deputado federal Eduardo Cunha a quantia de R$ 45 milhões de reais, diz o texto. Ainda segundo o escrito no documento: Pelo BTG participaram da operação Carlos Fonseca, em conjunto com Milthon Lyra. Esse valor também possuía como destinatário outros parlamentares do PMDB. Depois que tudo deu certo, Milton Lyra fez um jantar pra festejar. No encontro tínhamos as seguintes pessoas: Eduardo Cunha, Milton Lira, Ricardo Fonseca e André Esteves”.

Neste domingo o STF transforma em preventivas as prisões de Delcídio e Esteves

Domingo, Novembro 29th, 2015

teoriO STF acaba de transformar em preventivas, portanto sem prazo para acabar, as prisões do senador Delcídio Amaral e do banqueiro André Esteves.

 

 

(ministro Teori Zavascki)

 

A decisão foi do ministro Teori Zavascki, atendendo pedido de Rodrigo Janot, chefe da Procuradoria Geral da República.

(ministro Teori Zavascki)

Neste final de semana o STF atualizou a lista dos 67 deputados e senadores investigados no caso da Lava Jato, 6 são do Rio grande do Sul.

Domingo, Novembro 29th, 2015

Neste final de semana o STF atualizou a lista dos 67 deputados e senadores  investigados no caso da Lava Jato,  6 são do Rio grande do Sul.

Veja a lista:

 

 

Sartori pagará todo o funcionalismo de forma fracionada em 5 prestações, nesta segunda feira.

Domingo, Novembro 29th, 2015

SATORI IMPOSTOOs servidores gaúchos do Executivo receberão seus salários na segunda-feira de forma fracionada, durante o dia, em 5 prestações.

Na sesta – feira, o governo não tinha dinheiro para fazer o depósito completo da Folha, R$ 1,2 bilhão.

 

O livro, Herança Maldita que fala do PT e da Máfia do Lixo em POA, escrito pelo jornalista Políbio Braga, esta a venda via – polibioadolfobraga@gmail.com

Domingo, Novembro 29th, 2015

livro polibioA história de 16 anos de administrações populistas, gastadoras, incompetentes, um preview do que faria o PT nos governos do RS e do Brasil, é o tema do livro escrito pelo jornalista Polibio Braga.

Peça seu exemplar via polibioadolfobraga@gmail.com, R$ 45,00, entrega grátis. 27 capítulos: Parte I, Análise da administração do PT em Porto Alegre; Parte II, A censura à imprensa nos governos do PT; Parte III, a Máfia do Lixo em Porto Alegre.

 

Pesquisa contratada por partido ligado a situação, conseguiu encontra os 10% que ainda votarão no prefeito Schmidt em 2016.

Domingo, Novembro 29th, 2015

dezPesquisa contratada por um dos partidos que compõem a coligação liderada pelo PT em Lajeado, conseguiu encontrar os 10% dos lajeadenses que ainda aprovam o prefeito Schmidt.

Nos 10% estão os partidários com ou sem cargos, moradores de bairros de baixa renda beneficiários diretamente ou indiretamente com o programa Bolsa Família e da Minha Casa Minha Vida.

Essa pesquisa, não quer dizer nada.

Os números são devastadores para o PT e o prefeito Schmidt.

Mesmo assim, eles retratam uma realidade atual, que pode não existir nos próximos meses.

Os desdobramentos de fatos nas próximas semanas vão implodir o prefeito Schmidt e PT.

O PT e Schmidt farão parte do passado.

O Palácio do Planalto é o novo foco da Lava Jato, abreviado com a prisão de Delcídio.

Domingo, Novembro 29th, 2015

palacioA prisão do líder do governo no Senado, Delcídio Amaral, e do banqueiro André Esteves, dono do BTG Pactual, precipitaram o avanço da Lava Jato em sua investida sobre o Palácio do Planalto como origem do esquema sistematizado de corrupção no governo, desde o início do primeiro mandato do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em 2003.

Delcídio é apontado como um elemento de ligação entre as gestões de Lula e de Dilma Rousseff.

Se contribuir com as apurações, o senador petista poderá ajudar a esclarecer quem, como e com qual finalidade montou e operou o esquema de corrupção e desvios na Petrobras.

Minha Casa Minha Vida: Cartéis de medias empresas garantirão os aportes financeiros para as eleições municipais de 2016, em Lajeado continua a suspeita.

Domingo, Novembro 29th, 2015

NOVO TEMPOrganizações criminosas andam se associando em cartéis para burlar concorrências, superfaturar obras, pagar propinas e bancar campanhas políticas municipais de 2016 com recursos da Minha Casa Minha Vida.

O Ministério Público já encontrou mais de 300 ações investigando o programa.

O modelo é ditado pelos petistas federais, uma espécie de copia do Petrolão, mas em nível municipal e com empreiteiras de médio porte.

No entanto, o caso preocupa pelo orçamento de R$ 278 bilhões da Minha Casa Minha Vida, além do risco de o resultado das eleições de 2016 a ser comprometido.

Em Lajeado do mesmo modo o caso mais implicante e suspeito foi o aditivo de R$ 1,2 milhões, concedido pelo prefeito Luis Fernando Schmidt através de  decreto lei, beneficiando a empreiteira responsável pelas construções dos 400 apartamentos no Bairro Jardim do Cedro, com o argumento que os buracos para colocações dos pilares de sustentações  dos prédios foram mais profundo  que os previstos no projeto.

Detalhe, o único buraco que se viu até hoje foi os R$ 1,2 milhões que saiu do  cofre do município de Lajeado.