Archive for Fevereiro, 2015

Petrobrás anuncia redução do preço do combustível no Paraguai de R$ 2,97 para R$ 2,80.

Domingo, Fevereiro 15th, 2015

petrobrásA Petrobrás vai reduzir o preço dos combustíveis no Paraguai. A redução é a quarta consecutiva desse ano. O preço da gasolina no nosso vizinho é de R$2,97, o litro, e deve cair ainda mais. A estatal anunciou que na segunda feira, 16, o preço do combustível deve chegar aos R$ 2,80.

A explicação para essa queda é o preço do barril de petróleo, que vem caindo no mercado internacional.

Já aqui no Brasil os preços subiram, principalmente por causa do aumento de impostos como Pis e Cofins.

 Isto  é mais um motivo para o povo brasileiro protestar no dia 15 de março.

Prefeito de Lajeado demite o Chefe de compras Eduardo Teles.

Sexta-feira, Fevereiro 13th, 2015

TELIS Nesta tarde o prefeito de Lajeado  assinou a portaria de exoneração do   coordenador do Departamento de Compras do Município de Lajeado  Eduardo Teles.

A indicação para assumir o cargo de chefe do departamento de compras e licitações, partiu do  próprio prefeito Schmidt, haja visto que Eduardo Teles era seu motorista na época em que Schmidt era deputado Estadual.

Segundo informações advindas da prefeitura de Lajeado, Teles  teria sido exonerado por pressão do Secretário de Governo Auri Heisser.

A experiência do prefeito Schmidt em colocar seu motorista particular para chefiar um dos  mais importante setores  da administração municipal, não foi muito bem sucedida.

Mas segundo informações  Eduardo Teles teria prometeu se vingar e contra todas as ilicitudes desta administração, vamos esperar para assistir mais esta situação.

Secretário da Saúde comunicou ao Hospital, que Lajeado não possui dinheiro para pagar os 8 meses de atraso do Pronto Socorro.

Sexta-feira, Fevereiro 13th, 2015

HBBO Jornal Informativo do Vale da ultima quarta feira dia 12 noticia em sua capa, que há ausência de pagamento de oito meses  dos serviços  prestados  pelo Hospital Bruno Born de Lajeado, poderá  levar ao fechamento do pronto socorro.

Segundo o Jornal Informativo do Vale, o Secretário da Saúde de Lajeado, Glademir Schwingel disse que a  conversa de ontem entre o município e o HBB foi franca.

“ Estamos com problemas financeiros e não temos dinheiro para pagar o Hospital.”

O presidente da Câmara de vereadores de Lajeado, vereador Carlos Eduardo Ranzi, precisa  tomar providencias urgente, se a câmara repassou do seu orçamento R$ 700 mil para o prefeito pagar o Hospital Bruno Born, então  por que não foi pago e onde foi parar os R$ 700 mil repassados pelo os vereadores de Lajeado.

Você Tem conhecimento que a administração de Lajeado tem Gabinete de Crise Financeira??

Sexta-feira, Fevereiro 13th, 2015

Fiquei estarrecido quando olhei estampado na capa do Jornal O Informativo do Vale de hoje, a manchete “ GabinetGLADEMIRe de Crise vai se reunir para debater a crise na saúde de Lajeado por ausência de dinheiro no  cofre do município de Lajeado”.

Alem disso a matéria descreve  que o Secretário da Saúde de Lajeado Glademir Schwingel  revelou que   irá  fechar  alguns posto de saúde de  Lajeado , devido a crise  financeira que passa o município.

A coletiva que o prefeito Schmidt deu ao reporte Fabiano Conti no Microfone da Radio Independente, dizendo que Lajeado não tinha problemas financeiros,  que as contas estavam  todas em dia,  era  uma mentira pregada pelo Sr. prefeito.  

Mais uma vez o dito popular se confirma, “mentira tem perna curta.”

R$ 3 MILHÕES DA SAÚDE UTILIZADOS NA UPA DE LAJEADO FORAM PASSADOS A MÃO.

Sexta-feira, Fevereiro 13th, 2015

upa lajeadoO tribunal de conta já apontou em uma auditoria especial as irregularidades na contratação da Fundação Hospital Getulio Vargas de Porto Alegre, contratada sem licitação para administrar a UPA Unidade de Pronto Atendimento de Lajeado.

  Na auditoria do TCE, foi constado que havia dois contratos em vigor para o mesmo serviço, o primeiro contrato de prestação dos serviços de saúde da UPA, foi firmado com a empresa ICOS no valor de R$ 600.000,00 mensais, realizados através de licitação no ano de 2012.

O  atual prefeito Luis Fernando Schmidt, simplesmente não chamou a empresa ICOS para assumir os serviços de saúde da UPA e não fez a rescisão do contrato, num procedimento totalmente ilegal, o prefeito autorizou a realização de  um segundo contrato com a Fundação Hospitalar Getulio Vargas, sem licitação e sem autorização da câmara de vereadores, no valor de R$ 1.000.000,00 mensais, superfaturando os serviços em R$ 400.000,00 mês.

 Já se passaram 10 meses da contratação irregular, com o apontamento do Tribunal de Contas do Estado o prefeito acordou com a Fundação Hospitalar Getulio Vargas uma redução do contrato,  reduzindo   dos atuais R$ 1 MILHÃO mês para R$ 700 MIL mês, a redução chegou as cifras de R$ 300 mil mês.

            Existia  uma empresa contratado através de licitação em 2012 por R$ 600 mil reais, contrato assinado, esperando apenas a liberação de funcionamento da UPA e o atual prefeito Luiz Fernando Schmidt ignorou o contrato firmado e realizou uma segunda  contrato com  a Fundação sem licitação,  com valores super Faturados,  não resta duvida que é um  caso de Policia Federal, pois a UPA recebe recursos da União.

            .

 O prefeito Luis Fernando Schmidt e seu vice Vilsinho Jaques, pagaram para a Companhia Brasileira de Correios entregarem nas residências dos lajeadense o jornal da administração do PT/PMDB, afirmando que administração Schmidt/Vilsinho gastou  R$ 70 MILHÕES em  saúde no ano de 2014.

  Um fato é notório se gastaram em 2014 R$ 70 MILHÕES  corretamente na saúde de Lajeado, ela deveria ser  de primeiro mundo, não estaria faltando remédio para pressão alta, diabetes, demora para realização de até um anos para tomografia e marcação de consulta com especialista chegando em alguns caso a um anos e meio de espera.        

 Se os serviços de saúde foram super faturados com constatou a auditoria do Tribunal de Contas do Estado, alguém botou a mão neste dinheiro.

Quem será?

 

 

 

A DOIS ANOS QUE AS FINANÇAS DE LAJEADO ENCONTRA SE BALANÇANDO

Sexta-feira, Fevereiro 13th, 2015

 

 A forma imperial de dirigir  Lajeado adotada pelo Prefeito Schmidt  com ajuda do secretário de governo Auri Heisser, julgando-se dono de todas as verdades e instância decisória, é a responsável maior pela decadência financeira da prefeitura de Lajeado. Como pelo jeito nada vai mudar, vale concluir que a rejeição da administração do PT de Lajeado, agora constatada, se transformará em repúdio. Depois em indignação. Menos pela hipótese imediatista, mais pelo sentimento de desprezo da população de Lajeado diante de quem  aplica de formula incorreta  os recursos municipais.  

Alógico é aguardar o fim desta atual  administração de Lajeado.  

 

 

E VOCÊ, ESTA OLHANDO, COM CARA DE BOBO, O BRASIL AFUNDAR NESTE MAR DE LAMA?

Quinta-feira, Fevereiro 12th, 2015

lama Os depoimentos dos diretores ladrões da Petrobrás não deixam dúvidas: Lula e Dilma elegeram-se presidentes com dinheiro da corrupção. E não foi pouco, segundo Pedro Barusco, diretor da estatal. Nos últimos dez anos, o PT desviou da empresa 200 milhões de dólares para alimentar seus militantes políticos e promover a maior orgia de que se tem notícia com dinheiro público. E agora? Collor foi  caçado porque não conseguiu justificar a compra de um carro Elba. Isso mesmo, um calhambeque da Fiat, que hoje custaria menos de 10 mil reais. Está na hora do Brasil ir às ruas para fazer valer a Constituição e pedir o impeachment da Dilma que a esquerda corrupta acusa de golpe. O fundamentalista Rui Falcão, presidente do PT, alardeia que são de direita os que pedem o afastamento da sua chefa. E quando a petezada derrubou o Collor era também de direita e golpista? Conversa fiada, gente. Governo corrupto tem que ser afastado. É legal e constitucional. E ponto.

 

Como assim! Esconderam do Secretário da Fazenda de Lajeado os R$ 27 milhões do PAC.

Quinta-feira, Fevereiro 12th, 2015

pacCausou-me estranheza a matéria veiculada no dia de hoje pelo  Jornal A Hora , onde o jornalista Rodrigo Martini cita que o Secretário da Fazenda de Lajeado, Dr José Carlos Bulé, disse não saber de  nada sobre as licitações  de pavimentações  do PAC  orçado no  valor  R$ 27 milhões, o secretário das finanças disse ao jornalista  que não  assinou  a liberação para realização da Licitação.

A lei 8.666/93  no  artigo  14  vincula   abertura do processo  licitatório com a indicação dos recursos orçamentários .

Art. 14. Nenhuma compra será feita sem a adequada caracterização de seu objeto e indicação dos recursos orçamentários para seu pagamento, sob pena de nulidade do ato e responsabilidade de quem lhe tiver dado causa.”

Se não existiu assinatura do Secretário das Finanças de Lajeado no processo da abertura do edital, se não existiu da parte do secretário de Finanças  há   indicação dos recursos orçamentários para o pagamento da obra, logo se vê que o processo licitatório das obras do PAC é mais um ato ilícito do governo de Lajeado. .

A pergunta que não quer  calar, porque esconder R$ 27 milhões das obras do PAC do secretário que possui a chave do cofre da prefeitura?

Com a minha experiência de 23 anos de convívio com a lei das licitações 8.666/93, lhes digo com toda a certeza, o Prefeito Luis Fernando Schmidt e o Secretário de Governo Auri Heisser estão blefando.

Os recursos  do financiamento do PAC por algum ensejo, não foram  liberados até o momento pelo governo da Dilma, mas a administração de Lajeado para iludir a população e as empresas de   comunicaçãos   locais,   publicou e republicou por 3 vezes o edital mesmo sabendo ser uma situação ilícita.

Contra fatos não existem argumentos.   

Devido a perseguições e Denuncias ao Faceboock, o CLICLAJEADO virou pagina na internet.

Terça-feira, Fevereiro 10th, 2015

persiguição nofece O cliclajeado  surgiu em 2011, através do site Cliclajeado.com.br/giba,  as   postagens eram realizadas duas vezes por semana, desde então  sempre foram postadas matérias  que são verdadeiros furos , no inicio com poucas  situações  polemicas, mas com a chegada da atual administração de Lajeado, surgiram muitas situações ilícitas e as matérias polemicas tomaram conta das publicações do site.

Algumas postagens nos renderam uma meia dúzia de inimigos, é  o preço a pagar quando se fala a verdade, nesta semana tivemos todo o tipo de ataque da atual administração de Lajeado,  receberam espaços em programa da Radio Independente para realizar ataques a minha pessoa, mandaram através do departamento jurídico documentos para os Jornais Informativo e A Hora tentando  criar uma noticia que viesse a nos denegrir.

A ultima da administração de Lajeado contra o Cliclajeado, foi uma investida para excluir  o Cliclajeado  do Facebook , que  acabou  deixando  o ClicLajeado por 12:00 horas  fora do facebook.

O Cliclajeado para voltar a fazer parte do facebook teve que passar por algumas transformações,

A primeira foi transformar o cliclajeado em uma pagina no Facebook , os 1200 amigos do cliclajeado, passaram a ser seguidores com limitação de alguns aplicativos.

Para obter um maior alcance ,  fomos abrigados a abrir um segundo espaço no  facebook,  em meu nome pessoal, para que as pessoas pudessem  curtir, compartilhar e comentar, agora será necessário acessar o facebook  através de um pedido de amigo para GILBERTO DE VARGAS.

EM DISPUTA O PRÊMIO DA NOVA BRESCIA

Sábado, Fevereiro 7th, 2015

nova bresciaDisputadíssimo o Premio Nova Brescia, com o vencedor em aberto porque apenas se passaram 7 dias do corrente mês .  

Mesmo assim, desponta como favorito o prefeito de Lajeado, ainda que o Humorista José Calvi tenha esperança.

Anedota que o prefeito apresentou no caderno especial dos 124 anos de Lajeado publicado pelo Jornal A Hora,  se sobre saiu deixando os demais concorrentes muito a trás.    

Evidencia-se continuarmos assistir dois Lajeados, um do PT e outro da população de Lajeado.

Sobre o premio da Nova Brescia , um reparo a fazer:

Sua Excelência o prefeito de Lajeado foi o mais  aplaudido,  como não poderia deixar de ser.  

Companheiros do PT  ao invés de administrarem  Lajeado, estão preferindo ajudar  o prefeito a ganhar o premio da Nova Brescia.