Archive for Janeiro, 2015

O que é necessário para que o Poder Judiciário funcione bem?

Sábado, Janeiro 31st, 2015

justiçaEsta pergunta tem sido feita ao longo dos tempos. O fato é que a luta contra as injustiças está presente na realidade humana desde os tempos mais distantes. Nos dias de hoje, continua a busca por uma fórmula que permita a existência, com o perdão da palavra, de uma justiça “justa e rápida”. Dada a evidente complexidade do problema, as sugestões têm sido muitas. E seguem-se as comissões e os simpósios. Novas leis surgem, em um sistema legal a cada dia mais complexo e incompreensível para o povo. Como quase nada disso funciona, reinicia-se todo o ciclo, um interminável ciclo!

Quando a elite entende de forma sincera, sem manifestações de hipocrisia expressa, que as leis devem ser para todos, e não apenas para os fracos e miseráveis, cria-se um ambiente de serenidade e o Poder Judiciário funciona bem.

Quando as autoridades abandonarem interferência do “meu poder”, o Poder Judiciário funciona bem.

Quando as pessoas entendem que “amplo direito de defesa” deve ser algo referente tão-somente à defesa de direitos existentes, e não à criação de direitos inexistentes, os processos são mais simples e o Poder Judiciário funciona bem.

 Quando os formadores de opinião criticam apenas os maus juízes e servidores, poupando a instituição, o Poder Judiciário funciona bem.

Quando os juízes e servidores compreendem que um povo precisa de Justiça, o Poder Judiciário funciona bem.

Quando os juízes e servidores percebem que as coisas da vida passam, e passam muito depressa, reina a humildade e o Poder Judiciário funciona bem.

Quando os governos pagam, o que claramente devem, ao invés de utilizar as leis como instrumento de rolagem de dívidas, o congestionamento de processos é reduzido e o Poder Judiciário funciona bem.

Quando os habitantes do mundo das leis percebem e corrigem imediatamente qualquer distanciamento com o mundo real e o Poder Judiciário funciona bem.

Finalmente, quando o Poder Judiciário funciona bem, a economia aumenta, o volume de investimentos sobe, a produção é elevada,  a oferta de empregos é  maior e todos ganham. Todos nós.

 Mas quando o poder judiciário funciona bem!

 

A terceira vez que a Administração de Lajeado republica o edital de obras do PAC DIRECIONADA.

Quarta-feira, Janeiro 28th, 2015

pac2A novela das obras de asfaltamento de ruas e avenidas de Lajeado, com verba do financiamento do PAC, esta com  um novo e maldito capitulo.

            A administração do PT/PMDB de Lajeado republicou pela terceira vez o edital das obras do PAC e como já havia aconteceu nas publicações anteriores, o edital teve novamente alterações com o intuito de direcionar a licitação.

            Os Jornais A Hora e Informativo informam que dois itens foram novamente modificados, eles apresentam restrições com objetivo de reduzir o numero de participantes no certame licitatório.

            Há restrição para as empresas localizadas a mais de 80 Km de Lajeado, as mesma   não poderão participarem  da licitação sob pena de serem  desclassificadas,  a razão estaria na temperatura  quando da chegada do asfalto, o que não é justificativa, pois a prefeitura tem fiscal do asfalto,  que deve medir a temperatura do asfalto na chagada da obra, e por sinal  de todas as empresas não interessando a distancia da usina.

A segunda  restrição,  é quanto ao atestado de capacidade que devera  ter o quantitativo  de  50 % da obra, exigência esta que   parte de contra a lei federal das Licitações de n° 8.666/93, que veda qualquer solicitação de prazos, quantidades e localizações previas em atestado de capacidade técnica.

Mas a novela do atestado de capacidade técnica da obra de asfaltamento do edital do PAC, é muito sinistra, primeiro o prefeito mandou que não fosse exigido o atestado de capacidade técnica, pois uma empresa de Lajeado não possuía o mesmo, com as denuncias do favorecimento o prefeito voltou a traz e suspendeu a licitação.

O edital foi republicado constando novo item com a solicitação de atestado de capacidade técnica, mas 15 minutos antes da abertura do edital, Ele foi novamente suspenso pelo prefeito Luis Fernando Schmidt, os falatórios davam conta que a empresa que esta predestinada a ganhar a licitação, na dada e hora  da abertura do edital  não teria recebido o visto do CREA no atestado.

Nesta semana o edital foi novamente republicado com uma exigência, o atestado de capacidade técnica devera possuir 50% dos quantitativos a serem  executados.

 A novela não deixa de ser muito louca, agora o prefeito esta exigindo 50% de quantitativos, com objetivo de barrar a empresa, que  teria sido a preferida nas duas publicações anteriores do edital.

Só existe uma conclusão, neste governo de Lajeado existem uma total ausência de licitude.

ausência de licitude.

Policia Civil indiciou duas pessoas no roubo dos pneus do PT de Lajeado.

Terça-feira, Janeiro 27th, 2015

pneusO roubo dos pneus junto a Secretaria de Obras de Lajeado, foi investigado pela Delegacia de Policia Civil de Lajeado. No mês de novembro o delegado procedeu o   indiciamento de duas pessoas.

Os indiciados foram um ex – funcionário cargo de confiança da Secretaria de Obras, que foi indicação pessoal do prefeito Schmidt, com vista a pagar compromisso assumido com a família do jovem, que ofereceu apoio ao PT na eleição municipal de 2012, o segundo cidadão indiciado é um empresário do ramo de venda e conserto de Pneus e por ironia do destino como no caso anterior a empresa possui sede no Bairro Conventos.

Os nomes dos indiciados estarão estampados nos jornais locais na terça feira dia 27.

Prefeito Schmidt sobe ao palco dos 124 anos de Lajeado sob vaias da população.

Terça-feira, Janeiro 27th, 2015

vaiasÉ muito bizarra a situação do prefeito de Lajeado Luis Fernando Schmidt, que  chegou ao poder em 2012 com cerca de 70 % dos votos dos eleitores lajeadenses, decorrido dois anos da sua administração parece que os 70% recebidos de   apoio da população nas urnas inverteram, pois  toda vez que o prefeito Schmidt ocupa o microfone em solenidade é vaiado pela  maioria dos presentes ao evento.

Neste domingo não foi diferente, quando o locutor do evento convidou o prefeito Schmidt para subir ao palco da festa dos 124 anos de Lajeado, juntamente com a escolha da garota verão de  Lajeado, a  vaia   foi intensa.

Quando Schmidt usou o microfone para realizar o encerramento da festa, havia poucas pessoas no local, as mesmas deram as costas para o palanque, apenas os integrantes do sistema de som aplaudiram o Sr. Prefeito Luis Fernando Schmidt.

Em Lajeado o adágio popular “Quem tem boca vai a Roma” tem nova versão “Quem tem boca vaia o prefeito Schmidt”.

.

Atual política neoliberal e conservadora do PT.

Sábado, Janeiro 24th, 2015

neolibAfinal, foi para apoiar uma política neoliberal e conservadora que o PT foi criado? Juros na estratosfera, beneficiando investidores estrangeiros, aumento nos impostos e taxas, supressão de direitos sociais, desemprego – essa receita foi praticada nos tempos de Fernando Henrique.

Como adotá-la agora, diante dos aplausos das elites e do silêncio dos companheiros?

O primeiro grito de protesto foi dado, débil e pequeno, mas significando estar contido na garganta da imensa maioria petista.

Como aceitar a transformação em  um exemplo a mais de subserviência frente ao modelo universal de mandar a conta das crises econômicas para os menos favorecidos?

Os petistas de Lajeado depois das urnas, só pensão em si.

Sexta-feira, Janeiro 23rd, 2015

pensando.Passados mais de dois anos da vitória na eleição municipal de Lajeado, com larga margem de vantagem, a impressão é de que na cúpula do PT, depois das urnas chegou a hora de cada um pensar em si, reivindicando as tradicionais facilidades de nomeações, acomodações na máquina administrativa pública, negociatas má explicadas, atitudes  à margem e desilusões  por falta de propostas em condições de seduzir a população de Lajeado.  

Pelo contrário, recebe  apelos por  mais clareza nas atitudes. .

Perdendo espaços e apoio, desvinculados das ideais de um novo jeito de administrar, a administração  petista passa por  grandes e negativas surpresas.

Perceberá em um dia não muito distante, haver perdido o legado de anos de participação na vida pública o Sr. Prefeito Luis Fernando  Schmidt por pura  ausência da capacidade.

Como em política inexistem vazios, é bom meditar sobre que forças estranhas  no futuro viram ocuparem  os espaços políticos  em Lajeado.

A CALIFÓRNIA PASSOU O BRASIL, TRANSFORMOU SE EM 7° ECONOMIA DO MUNDO.

Terça-feira, Janeiro 20th, 2015

californiaNo período em que os EUA atravessaram uma etapa difícil, em razão da última crise financeira, gente no governo e no PT abriu sorriso largo;

 Agora  nos chega a notícia que nos deveria encher de vergonha, por nosso fracasso,   de que o PIB do estado da Califórnia – apenas um dos 50 dos Estados Unidos – ultrapassou o do Brasil em 2014. Se fosse um país independente, a California seria o sétimo país mais rico do mundo

O governador da California, Jerry Brown, dá orgulho a seus eleitores. Nos últimos 14 anos, o mesmo período em que no Brasil foram presidentes Lula e Dilma,   Brown e seu antecessor, o ator Arnold Schwarzenegger fizeram da California um modelo econômico invejável para o resto do mundo. O segredo para tanto crescimento lá foi  fazer o contrário do que ocorreu no Brasil: baixas taxas de corrupção, finanças em ordem, pesados investimentos em escolas, universidades sólidas e investimentos enormes em infra-instrutora, ciência e tecnologia.

Em entrevista, Jerry Brown buscou não nos humilhar muito. Lembrou apenas que o Brasil é um país que dependente da exportação de matérias primas, sujeitas historicamente a variações de preços, enquanto seu estado é um dos líderes em alta tecnologia, educação e indústrias e serviços de ponta.

A riqueza da California é, em termo relativo ainda maior, pois a população do Brasil é cinco vezes maior do que os 38,3 milhões da população californiana.

Apesar de um quarto da população californiana ser pobre, o gasto com ajuda social vem declinando em razão da elevada taxa de crescimento de emprego.

Em 2014, a renda per capita dos  californianos ultrapassou o teto de 50 mil dólares.

Secretário de Governo de Lajeado se fez de Morto.

Domingo, Janeiro 18th, 2015

chicara capimNa manhã deste sábado dia (17) na Padaria Schuh, localizada na Rua Julio de Castilhos, 1401 centro de Lajeado, ocorreu um acontecimento excêntrico, fregueses da padaria que se encontravam na hora do café,  de repente   começaram a comentar sobre o mato que  esta tomando  conta das ruas, avenidas, canteiros e praças da cidade de Lajeado, ocorre que os fregueses não reconheceram  o secretária de Governo de Lajeado Auri Heisser , que se encontrava na mesa ao lado acompanhado do Repórter Rodrigo Contti.

O todo poderoso secretária de governo baixou a cabeça e fez de conta que não tinha nada a ver com o assunto que estava sendo discutido na padaria.

No adágio popular, isto significa que o secretário de governo Auri  Heisser   se fez de morto, por que ignomínia esta administração não tem.

Cristiano da Rosa é o indicado para o Departamento de Portos e Hidrovias do Estado.

Sexta-feira, Janeiro 16th, 2015

cristiano rosaO  município de Estrela esta  interessado  no completo aproveitamento da estrutura do    Porto Fluvial de Estrela, para isto esta reivindicando através do diretório municipal do PMDB  a diretoria do Departamento de Portos e Hidrovias do governo Sartori.

                O primeiro nome indicado foi o de  Cliver Fiegenbaum chefe de gabinete do prefeito Rafael Mallmann , no entanto o prefeito Rafael Mallmann acabou não abrindo mão do seu chefe de gabinete. O PMDB de Estrela refez a indicação desta vez trata se do nome do  vereador e atual secretário de obras Cristiano Nogueira da Rosa.

Os Engenheiros deixam a desejar segundo Secretária do Planejamento de Lajeado.

Quinta-feira, Janeiro 15th, 2015

marta peixotoEm entrevista na segunda feira ao jornalista Paulo Rogério do Santos da Radio Independente, a secretária do Planejamento de Lajeado Arquiteta  Marta Peixoto, relatou  em que situação se encontram  os   projetos da construções  civil na cidade.

                A secretária colocou a culpa nos profissionais de engenharia e arquitetura pela  demora na liberação  de projetos.  

Segundo Marta Peixoto “os engenheiros e arquitetos que encaminham projetos na secretária deixam muito a desejar”.

 Em outra frase a secretária menciona que “Existe profissionais e Existem profissionais  e eles cometem erros básicos”.

Marta Peixoto comenta que na condição  de Arquiteta ela não pode falar isto, mas como Secretária do Planejamento  ela pode falar “os problemas são dos profissionais e não da prefeitura”.

                Certamente os colegas ou concorrentes de profissão não vão gostar de serem chamados por tabela de incompetente.  

                A integra da entrevista esta hospedada no Portal da Radio Independente.