Archive for Novembro, 2014

AGORA SÃO CINCO BARCOS CATAMARÃ NAS AGUA DO RIO TAQUARI.

Sábado, Novembro 29th, 2014

catamarãNeste final de semana foi para as águas do Rio Taquari o 5° barco do tipo Catamarã, os  barcos apresentam a mesma estrutura, sendo que o primeiro foi criado pela equipe  manutenção da Urbanizadora Lenan, os demais são replicas.

Primeiro Catamarã do Rio Taquari.

 

 Os cinco barcos Catamarã são equipados com churrasqueira, pia para louça, bancos e mesa.

 A capacidade de cada um dos barcos é de 25 pessoas adultas.

A procura pelo pratica de esporte e lazer nas águas do Rio Taquari a cada ano vem aumentado e principalmente após a criação da Marina em Lajeado pela família Ferri, só nos galpões desta marina hoje estão abrigados mais de 100 Lanchas de luxos

 A sexto barco catamarã a navegar  nas  àguas do Rio Taquari,  já esta sendo   fabricado.  

    

LICITAÇÃO DO LIXO DE LAJEADO PODE SER INVESTIGADA PELA POLÍCIA FEDERAL. .

Sexta-feira, Novembro 28th, 2014

justica_federal_scsA lei das licitações 8.666/93 é uma lei federal e por ser federal cabe investigação da Policia Federal.

                A ultima investigação da PF no Estado , foi realizado na cidade portuária de Rio Grande, a operação realizada pela Policia Federal diz respeito ao aterro municipal da cidade  de Rio Grande, foi indiciado o ex prefeito e deputado estadual eleito em 2014  SR. Branco.

PARA PAGAR O 13° SALÁRIO PREFEITO SCHMIDT DESEJA VENDER O PRÉDIO DA UAMBLA.

Quinta-feira, Novembro 27th, 2014

uamblapredio uamblaEm uma tentativa desesperada  para fechar o caixa do município de 2014, o governo petista de Lajeado esta tentando vender um imóvel  histórico do município , objetivo é saldar dividas com fornecedores, pagamento dos salários dos funcionários municipais em  dezembro, em especial  obter recursos para quitar a 2° parcelado do 13° salário.

                O prefeito de Lajeado Luis Fernando Schmidt, tentou uma manobra desesperada  na quarta feira dia 26, Schmidt  enviou para câmara um projeto para ser votado a toque de caixa, objetivo é  vender o prédio histórico  aonde hoje funciona a UAMBLA, no passado abrigou  o centro telefônico municipal de Lajeado, mas o projeto acabou sendo rejeitado, por  se tratar de matéria de 2/3, eram necessários 10 votos para a sua  aprovação. 

O prédio esta localizado na Rua Bento Gonçalves em frente ao Supermercado do STR, seu valor foi avaliado para venda em R$ 3 MILHÕES.

Nuca antes na historia de Lajeado se teve um governo com R$ 230 milhões a disposição, sendo a recados por meio de impostos e tarifas em 2014.

Nuca antes na historia de Lajeado se teve um governo que foi tão incompetente na administração  dos recursos públicos de Lajeado, recebendo da ex prefeita Carmen  Regina o caixa  com  um superável de R$ 15 MILHÕES, passado 22 meses  da atual administração o caixa do município encontra se com um déficit de R$ 10 MULHÕES.     

Se a população de Lajeado continuar com este silêncio, no próximo ano, a administração do Sr Schmidt/Wilsinho, PT/PMB,  vai tentar vender o prédio administrativo da prefeitura, localizado Rua Julio May, 242.  

 se teve um governo que foi tão incompetente na administração  dos recursos públicos de Lajeado, recebendo da ex prefeita Carmen  Regina o caixa  com  um superável de R$ 15 MILHÕES, passado 22 meses  da atual administração o caixa do município encontra se com um déficit de R$ 10 MULHÕES.     

Se a população de Lajeado continuar com este silêncio, no próximo ano, a administração do Sr Schmidt/Wilsinho, PT/PMB,  vai tentar vender o prédio administrativo da prefeitura, localizado Rua Julio May, 242.

PREFEITURA DE LAJEADO SUSPENDE MAIS UMA VEZ A LICITAÇÃO DO LIXO

Quinta-feira, Novembro 27th, 2014

 NEGÓCIO DO LIXO DE PORTUGAL    A administração de Lajeado suspendeu a licitação do lixo,  depois do pedido de impugnação motivado pela contestação de” suspeita” de direcionamento do edital para  empresa de coleta de lixo da grande Porto Alegre e aterro privado de Minas do Leão.

O prefeito se antecipou ao pedido de limiar para suspensão  da licitação, encaminhado pela empresa P. Renan Ltda ao Tribunal de Contas do Estado, é uma manobra para suavizar mais um vexame da administração petista na área da limpesa urbana da cidade.

O subsídio do  presidente do PMDB, na elaboração do edital acabou  atarracando  a administração municipal de Lajeado.

Só resta esperar para ver  qual será a próxima tentativa de fraudara a  ”futura nova” licitação do Lixo.

NÃO ROUBAR E NÃO DEIXAR ROUBAR

Quarta-feira, Novembro 26th, 2014

roubo lulaNo discurso de posse em 2003, Lula disse: “ser honesto é mais do que apenas não roubar e não deixar roubar é também aplicar com eficiência e transparência sem desperdícios, os recursos públicos”.

Sou obrigado a concordar com os adágios populares.

“Se queres conhecer uma pessoa dá poder a ela”.

 “Todo homem tem seu preço, uns mais e outros menos.”

 E o preço do petista Lula esta nos custando  muito alto.

EXTORSÃO E SUBORNO EM CONTRATOS DE PRESTAÇÕES DE SERVIÇOS.

Terça-feira, Novembro 25th, 2014

OBRAS PUBLICASA extorsão do contratado de obras públicas, de outros serviços e materiais é feito pelas autoridades ou funcionários subalternos, sob a ameaça de segurar as medições, a certificação do recebimento do material, conforme a especificação licitada e, o principal, reter ou atrasar os pagamentos.

Esse é o jogo habitual e quem não quiser aceitar as regras desse jogo não deve se aventurar a fornecer para o setor público. Há exceções, mas não é fácil perceber antes. O fornecedor pode entrar numa licitação “limpa” ou furar uma licitação “suja”, previamente combinada, e depois de contratado, sem ter participado de um acordo prévio com outros concorrentes, pode ser achacado. Se não contribuir não conseguirá levar em bom termo o seu contrato, saindo dele com enormes prejuízos. Pode denunciar, o que significa um suicídio empresarial. Não conseguirá provar: o achaque sempre é feito por um intermediário que faz parte de uma cadeia de intermediação, que pode ser caracterizada como uma quadrilha, em que as relações são encobertas, não havendo contato pessoal e direto entre a autoridade e o achacador. Se emergir publicamente, a autoridade sempre alegará que “não sabia de nada” e que “não conhece a pessoa”.

O “malfeito” só emerge quando feito por amadores, ou seja, mal feitos, em todos os sentidos do termo, ou quando envolve outros crimes, como a lavagem de dinheiro. Todo o processo da Operação Lava Jato não tem como foco o Petrolão mas a lavagem de dinheiro desse processo corruptivo que ocorreu na Petrobras.

Toda administração pública realiza licitações e contratações “limpas”, como exceções, para dar a impressão de lisura nos seus procedimentos.

A lógica do governante ou dos servidores públicos com poder de decisão sobre os contratos é que os contratados estão sendo beneficiados com os pagamentos do Governo, propiciado por eles, e portanto têm direito a uma participação, um percentual sobre esses valores: uma comissão. Se o contratado não aceitar pagar o pedágio ele não recebe os pagamentos devidos em dia e, se não tiver fôlego financeiro, quebra. Mesmo que tenha os financiamentos, acabará tendo prejuízo econômico na execução do contrato.

É assim que funciona em todas as esferas governamentais, em todos os níveis. Essa é a regra do jogo. Há exceções, mas são exceções. Quando deveria ser o contrário.

A persistência desse jogo leva a se consolidar uma cultura e procedimentos nefastos. Políticos querem se eleger para poderem “roubar” sistematicamente. E o fazem com a ajuda de asseclas que colocam em cargos comissionados. Funcionários públicos de carreira se associam aos esquemas para poderem aumentar os seus rendimentos. Ressalvo sempre que há exceções, mas esse jogo ocorre na maioria dos municípios, dos Estados e na União.

Os participantes justificam que precisam se valer desse expediente para financiar os altos custos das campanhas eleitorais. Mas grande parte recolhe o dinheiro para benefício próprio, para o seu enriquecimento e para levar uma vida nababesca.

Por outro lado, as empresas interessadas em fornecer para os Poderes Públicos podem tomar a iniciativa de subornar os agentes públicos receptivos a aceitá.

 

 

 

 

Sindicância dos Pneus vai responsabilizar o Secretário Adi para proteger o Prefeito Schmidt.

Segunda-feira, Novembro 24th, 2014

adi schmidtA trinta dias estive na secretária de obra de Lajeado a procura de um protocolo, o secretário Adi Ceruti  não se encontrava presente na secretária,  então deixei um recado para o secretário através de um auxiliar de nome Gabriel, “avisa o secretário que a sindicância interna da prefeitura vai responsabilizar o Adi Ceruti do roubo dos pneus, para salvar o prefeito de ter sido  negligente”,  o auxiliar do secretário, disse que isto não deveria acontece, até porque ele faz parte da comissão da sindicância e até o momento não era esta a posição  dos membros.  

A negligencia consiste no acontecimento do  prefeito ter recebido  a prefeitura com 110 cargos de confiança a disposição e nos primeiros meses de sua administração aumentou para 180  n° de cargos de confiança, para acomodar os companheiros não qualificados o prefeito Schmidt nomeou cargos de confiança em desvio de função, entre os casos esta o de chefe do  almoxarifado  da secretaria de obras , aonde se encontravam os pneus,  a pessoa que foi nomeada encontrava se em outro departamento  na função de telefonista.

A nomeação de todos os cargos de confiança é única responsabilidade do prefeito Schmidt, sendo assim a  sindicância  deveria  responsabilizar o prefeito Schmidt, mas a sindicância vai optar por sacrificar o Secretário de Obras Adi Ceruti  e livrar o prefeito da negligencia no caso do roubo dos  pneus

,A secretária de obras foi dada para o PMDB administrar, mas na verdade apenas 3 cargos foram nomeados pelo PMDB, a maioria  dos cargos de confiança da secretaria de obras  foram  nomeações do PT. .

SECRETÁRIO MUNICIPAL IMPEDIDO DE COMPRAR CAMIONETA IMPORTADA EM LAJEADO.

Sábado, Novembro 22nd, 2014

pageiroUm Secretário da Agricultura se dirigiu até uma agencia de carros importados em Lajeado,  encaminhou um pedido de uma camioneta diesel importada de ultima geração, os valores da compra ultrapassam os R$ 100 mil, no dia em que foi comunicado da chagada da camioneta da fabrica, o presidente e homem de peso do seu partido ficou sabendo e não gostou da ostentação  do secretário da agricultura.

                O presidente do partido chamou o seu protegido e ordenou que ele desistisse da compra da camioneta importada, alegando que a camionete daria margem para rotularem o mesmo de enriquecimento ilícito.

                O assunto é controverso, por que a compra é comunicada a Receita Federal, através da declaração de renda pessoal do secretário e pela empresa vendedora, se o dinheiro não for de atividade legal a malha fina da receita vai acusar.

                Presidente deixe o teu protegido andar de camioneta importada, ele quer se espelhar na sua trajetória de pequeno agricultor  a um rico empresário e influente homem de obras públicas.

A Farmácia escola passou a se chamada de Farmácia “NÃO TEM”.

Sexta-feira, Novembro 21st, 2014

farmaqcia escolaA Farmácia Escola Univates,  que custa  altos investimentos públicos de Lajeado por  mês  para funcionar, muito pouco vem servindo para a população lajeadense, pois  a grande maioria dos pacientes dos postos de saúde e da UPA, que procuram  os remédios na Farmácia Escola, situada no inicio da Rua Julio de Castilho, ouvem repetidamente um refrão,  “NÃO TEM”., NÃO TEM E NÃO TEM.

Os  vereadores Antonio Scheffer e Lorival Silveira , todas as terça feiras na seção da Câmara, fazem referencia a falta de remédio para a população.  

Só resta uma pergunta  onde estão os R$ 78 MILHÕES  gastos até o dia de hoje pela secretaria de saúde de Lajeado?

 

A ORNAMENTAÇÃO NATALINA DA CIDADE DE ESTRELA ESTA DESLUMBRANTE.

Quinta-feira, Novembro 20th, 2014

a iluOs  enfeites natalinos da cidade de  Estrela tiveram suas luzes ligadas na quarta feira dia 20, virou um show de luzes coloridas nas ruas, praças, no calçadão e em vários lugares da cidade.

O ornamento natalino de Estrela, trás a  cidade   uma imagem   de  cidade turística,  vale a pena dar um passeio a noite  em Estrela, você vai voltar deslumbrado, apaixonado e  abismado  com tamanho criatividade   das pessoas que trabalharão neste projeto.

Para chegar a este  nível  foi necessário  a dedicação  dos funcionários e colaborados durante  onze meses de 2014.  

.