PROJETO DE VEREADOR DISPENSARÁ O RECONHECIMENTO DE FIRMA EM CARTÓRIO.

19 de Junho de 2018

vereadorDepois de derrubado veto do prefeito, o projeto do vereador Ricardo Gomes, PP, virará lei e permitirá que documentos apresentados nas repartições públicas municipais de Porto Alegre não precisem mais apresentar firma reconhecida.

Caso o servidor público duvide da veracidade do documento, poderá pedir a apresentação do original.

EM UM MUNDO COMPLEXO COMANDADO POR POLÍTICOS CONTROVERSOS.

19 de Junho de 2018

cliEm um mundo complexo comandado por grandes e controversos líderes, gestores e investidores precisam estar bem equipados e confiantes ao fazer escolhas estratégicas em meio à incerteza e à constante ruptura, e os ganhadores aprenderão a integrar estratégias de mercado e geopolíticas em busca de vantagem competitiva.

Ao final do dia, de forma geral, o investidor profissional não precisa ter partido político.

Cunhado do rei da Espanha é preso por corrupção

18 de Junho de 2018

cunhadoO cunhado do rei Felipe 6º da Espanha, Iñaki Urdangarin, foi hoje para a prisão para cumprir uma pena de cinco anos e dez meses por corrupção, informam as agências de notícias.

O marido da  Cristina, irmã de Felipe, foi condenado pelo desvio de milhões de euros de dinheiro público para uma fundação sem fins lucrativos que ele mesmo presidia.

O processo judicial durou 12 anos. É a primeira vez na história moderna da Espanha que um parente de um monarca vai para a prisão.

 

O QUE ACONTECEU?

18 de Junho de 2018

cliFomos testemunhas da aurora do álcool combustível  e bem assim da inumerável quantidade de críticas a ele dirigidas.

Diante de um projeto pioneiro a nível mundial, foi o próprio povo brasileiro, instigado por alguns, a desacreditá-lo.

Contemplando, hoje, o meu país importando etanol dos EUA para misturar na gsolina, fico a me perguntar: o que aconteceu?

OS DEFENSORES DA CONDUÇÃO COERCITIVA.

17 de Junho de 2018

cliOs defensores da medida alegam que a condução coercitiva foi muito útil na investigação da crime de corrupção, onde os flagrantes são raros.

Na Lava Jato, foram mais de 200 depoimentos “sob vara”.

 

AGORA É PRISÕES TEMPORÁRIAS, NÃO HOUVE VENCEDORES NA DECISÃO DO SUPREMO TRIBUNAL.

17 de Junho de 2018

COERC 

Não houve vencedores na decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) de proibir a condução coercitiva.

Ministros se preocuparam com o uso abusivo do instrumento, outros lembravam que era alternativa à prisão temporária.

E aí mora o perigo,  vai gerar o abuso da prisão temporária (5 dias) só para prestar depoimento. Foco de temporária é a investigação em si, e a coercitiva objetiva esclarecer a participação do alvo no crime.

Há requisitos para prisão temporária, mas uma das hipóteses abre uma enorme brecha, aplica-se quando imprescindível às investigações.

Os ministros do STF concluíram que não há previsão legal para a condução coercitiva e que era preciso estancar o seu uso abusivo.

O Código de Processo Penal, de 1941, prevê condução coercitiva de investigado que não atende a intimações. Não se aplica a testemunha.

 

 

 

PROJETO BLINDA MÉDICO DA RESPONSABILIDADE POR ERRO

17 de Junho de 2018

ERROProjeto em análise na Câmara pode acabar com a responsabilidade de profissionais de saúde por erros que envolvam negligência, imperícia e imprudência, quaisquer que sejam, em atendimentos de emergência.

O projeto, na prática, blinda de processos os profissionais de saúde.

Foi rejeitado na Comissão de Seguridade Social e Família, mas, passando pela Comissão de Constituição e Justiça, será levado ao plenário.

A proposta não beneficia bons médicos.

Maus profissionais, que agem sem cautela, em total descompasso com as normas éticas, poderão escapar da punição”.

Se aprovado, o texto vai blindar aqueles que “esquecem” objetos no corpo dos pacientes ou os prejudicam por imperícia ou negligência.

Estudo revela que erros médicos, direta ou indiretamente, provocaram 300 mil mortes no País, em 2016.

O 7 x 1 e corrupção nas Arenas, colocaram nos brasileiros uma ducha de água fria para Copa da Rússia.

16 de Junho de 2018

brasilVivemos atualmente uma revolta surda contra a Copa do Mundo na Rússia.

Isso se deve, em parte, pela ducha de água fria que os 7 x 1 impuseram à nossa alma futebolista.

Foi um choque de realidade, como poucos. Não éramos mais o que já tínhamos sido.

Se deve, também em parte, à corrupção que esteve presente na construção de arenas da Copa de 2014 e em obras de infraestrutura urbana. Os estádios elefantes-brancos são um monumento a desfeita.

A seleção de Tite, caso obtenha vitórias no rumo da conquista da Copa da Rússia, pode mudar o humor nacional.

O PROGRAMA GLOBO REPÓRTE NÃO LEMBROU QUE O ÚNICO LADRÃO DE ATIBAIA ESTÁ PRESO EM CURITIBA.

16 de Junho de 2018

ATIBAIA 2O programa Globo Repórter descobriu que é absoluta a sensação de segurança de quem vive em Atibaia (SP).

Faltou lembrar que o único ladrão das redondezas cumpre pena em cadeia ilustre de Curitiba.

 

CONDUÇÃO COERCITIVA REFLETE O ATRASO DO INQUÉRITO NO BRASIL

16 de Junho de 2018

conduçãoPor trás da decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), proibindo em definitivo a condução coercitiva para depoimento, está uma discussão acadêmica.  as investigações no Brasil são muito dependentes da chamada “oralidade”, isto é, de depoimentos.

Essa dependência, reveladora do atraso dos inquéritos brasileiros, vai contra as melhores técnicas adotadas em todo o mundo para a produção de provas

O Brasil já foi o País do grampo e o reino das delações. É a “oralidade” que importa

Se ninguém é obrigado a prestar depoimento, indagou o ministro Marco Aurélio, então como pode ser conduzido coercitivamente para depor?

Na eleição de 2016 para prefeito foi conduzido coercitivamente  até a delegacia para prestar depoimento sobre o cliclajedo, foi obrigado a  depor.